O Faroleiro da praia de Pipa

A praia da pipa, do tempo dos meus avós, é o título do livro de Ormuz Barbalho Simonetti, um livro pré-lançado em grande estilo, em 21/12/15, nas dependências do Sesc, da Cidade Alta, no centro de Natal/RN. Chegando agora em segunda edição, com conteúdo atualizado. Com apoio e patrocínio do sistema Fecomércio RN (Sesc – Senac), a nova edição é apresentada, em modelo capa dura, indicando ser um livro, tal como um livro, com arte e conhecimento.

Ormuz Barbalho coletou crônicas escritas e publicadas, em jornais de Natal/RN, reportando e relatando cenas e personagens da praia de Pipa. Um resgate sociológico e histórico com personagens e palavras de um dialeto local, atravessando as ondas do tempo. Um relato por vezes geográfico e arqueológico.

Ormuz como um faroleiro, de um farol distante no tempo, envia sinais e traz mensagens de Pipa. São crônicas tal como relatos e relatórios, de cenas acontecidas e vivenciadas naquela localidade, naquele recanto que ele nomeia como sendo de veraneio. Em um tempo de simplicidade e saudosismo. Um relato como um patrimônio histórico da sua própria história, da história de sua família. Um relato histórico a partir de viagens de caçuá ou de caminhão, por estradas e picadas, chegando ao tempo do asfalto e da rodovia.

O livro traz lições de pescaria e marinharia, de engenharia mecânica e hidráulica, coisas simples no quintal das casas; construção civil em casebres humildes; a construção naval, com equipamentos e matéria prima local. Assuntos da culinária, da cozinha ao quintal, com alimentos armazenados em geladeiras de gás e querosene. E o modo de cozinhar no antigo estilo denominado fogão jacaré.

O livro de Ormuz, não é um livro composto apenas de frases, letras e palavras. Não é um livro para ler e ser guardado, aguardando um momento para ser relido e relembrado. É um livro de consulta permanente. Possui pequenos glossários formados por fotografias, dando uma ideia melhor do que é narrado: ilustrando animais e vegetais, peixes e crustáceos. Pessoas, amigos e familiares.

Com textos, fotos e gravuras o livro se completa. Produzido em capa dura, no mais fino trato de uma nobre literatura. Aquele livro para ser colocado de modo intencional e displicente sobre a mesinha da sala de visitas, deixando claro que está fazendo parte da decoração e faz parte do conhecimento da casa onde habita. As imagens por gravuras ou fotos completam o texto, colocando o leitor com os pés na areia, sentindo a brisa do mar.

Ormuz Barbalho Simonetti, com presidências, permanências e participações, em pelo menos dois importantes institutos potiguares: INRG – Instituto Norte Rio-grandense de Genealogia e IHGRN – Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte. Juntou todo seu conhecimento, suas armas e suas bagagens, para fazer um retrato histórico e sociológico, bibliográfico e etnográfico de Pipa, a praia do tempo dos seus avós. Juntou em um só livro, uma gama enorme de informações e conhecimentos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − seis =

ao topo