kinoforum

Festival de curtas metragens exibirá 212 filmes de graça na web

Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum realiza sua 31ª edição de forma online, via plataformas digitais, tornando-se acessível em todo o território brasileiro.

Criado e dirigido por Zita Carvalhosa e organizado pela Associação Cultural Kinoforum, o evento acontece entre os dias 20 a 30 de agosto, com programação totalmente gratuita.

Um dos maiores e mais tradicionais eventos dedicados ao formato do curta-metragem no mundo, o festival apresenta este ano uma programação com um total de 212 filmes, representando 46 países de cinco continentes. Na programação estão projetos desenvolvidos durante o confinamento social decorrente da pandemia de Covid-19. Também estão agendados encontros, debates, masterclass, atividades de formação, um seminário internacional e happy hours.

Os filmes, as lives e demais atividades virtuais são acessível através do endereço kinoforum.org.br ou pelos aplicativos innsaei.tv para celulares, tablets e smart TVs disponíveis nas lojas do Google Play ou Apple Store (para televisores, utilizar Airplay e Chromecast).

No dia 20/08, quinta-feira, às 20h00, acontece a cerimônia de abertura, de forma virtual, com exibição de títulos de destaque do festival.

Para Zita Carvalhosa, “o grande desafio desta edição do festival foi colocado quando foram estabelecidas as medidas de confinamento social, no mês de março, e a inviabilidade de eventos presenciais. Foi quando tivemos que decidir se iríamos manter suas datas tradicionais em agosto e como seria se não pudesse ser presencial. Decidimos continuar o processo de seleção e no início de maio já não tínhamos mais dúvidas e partimos firme para desenhar a edição online, buscando uma navegação amigável e prazerosa para exibir mais de duas centenas de curtas-metragens”.

Segundo a diretora do festival, “o esforço maior foi buscar, no ambiente virtual, o próprio ambiente do evento, com seus fundamentais encontros entre o público cinéfilo e os cineastas e profissionais de várias latitudes e longitudes. Para tal, buscamos uma parceria que aceitasse essa premissa de construir uma plataforma especialmente desenhada para um festival com programação dinâmica e com a possibilidade de apresentar sessões de filmes e garantir as trocas entre as pessoas”.

O resultado, na sua opinião, “está se mostrando bastante positivo”. Carvalhosa acredita que “a exibição nessas novas telas veio para somar, mesmo quando a crise sanitária tiver passado”.

A programação do festival é organizada em Mostra Limite, Mostra Internacional, Mostra Latino-Americana, Programas Brasileiros, Mostra Infantojuvenil, Programas Especiais e Atividades Paralelas.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 8 =

ao topo