Fora Micarla!

Nessa quarta-feira (01) a partir das 18 horas, nas imediações do Machadão, haverá uma nova manifestação pública contra a prefeita Micarla de Souza. Sairei mais cedo do trabalho para participar. É preciso abreviar o mandato da prefeita antes que ela acabe com Natal. Hoje, sou a favor do impeachment de Micarla de Souza, embora considere o seu vice também um caso perdido. Mas, primeiro vamos tirá-la da prefeitura, a questão do vice a gente trata depois.

Espero encontrar alguns de vocês lá. Por azar, passei a semana passada fora de Natal, a trabalho, e perdi tanto o ato feito contra ela, em frente ao IFRN, quanto a Marcha da Maconha, em Ponta Negra. Se tivesse aqui teria ido às duas manifestações. Irei me juntar aos jovens “inconseqüentes”, “massa de manobra” e “alienados” como estão sendo chamados, por alguns, os que foram às ruas na semana passada.

Não me surpreende esse tratamento, os que saíram às ruas, por exemplo, em 1968, receberam adjetivos parecidos. Nos últimos meses o mundo mudou bastante, basta olhar para países tão distintos como Egito e Espanha. Muitos “analistas” e articulistas do RN não se deram conta disso. Ainda estão com a cabeça no tempo dos comícios e passeatas, tem enormes dificuldades em compreender as novas formas de mobilização e luta que tem na internet o seu principal estopim.

T.C

Comentários

Há 6 comentários para esta postagem
  1. FRANKLIN HP FELIPE 14 de junho de 2011 0:30

    São dois presentes que José Agripino nos deu e que nunca devemos nos esquecer, pois estão acabando com nossa cidade e nosso estado.
    Ele devia pelo menos pedir desculpas à população que elegeu elas péssimas gestora públicas. Um fiasco!!!

  2. carlos 10 de junho de 2011 15:27

    O lema da revolução francesa era:
    LIBERDADE-IGUALDADE -FRATERNIDADE-
    EXISTIA NA FRANÇA NO TOPO DA PIRAMIDE O CLERO (QUE NÁO PAGAVA IMPOSTOS)ABAIXO DO CLERO ESTAVA OS NOBRES QUE VIVIAM DE GASTAR O DINHEIRO DO ESTADO SEM PRESTAR CONTA A NINGUEM,A BASE DA SOCIEDADE ERA FORMADAPELO TERCEIRO ESTADO,TRABALHADORES E CAMPONESES QUE SUSTENTAVA TODA
    A SOCIEDADE PAGANDO ALTOS IMPÓSTOS,E VIVENDO NA MISÉRIA
    E CHEGOU UM DIA QUE A BASE DA SOCIEDADE RESOLVEU PROTESTAR PELOS SEUS DIREITOS.

  3. paulo souza 10 de junho de 2011 10:21

    A democracia brasileira esta falida. A sociedade fragmentada.
    Os tres poderes formaram uma quadrilha.
    Cabe a nos irmos a luta. Vamos comecar por Micarla, daremos um recado aos politicos e um chamado a Rosalba.

  4. Lalo Araujo 2 de junho de 2011 19:59

    Não há mais nem porquê Micarla ficar na Prefeitura, só se o ministério público aceitar.

  5. Roberto 2 de junho de 2011 10:19

    Fico extremamente feliz em ver manifestações como o FORA MICARLA. Nossa Estado e nossa Capital parecem estar acordando dessa letargia. Micarla de Souza como prefeita é o maior embuste que nossa linda cidade já vivenciou.Todas as negligências possíveis são vivenciadas nessa gestão municipal, é um caso de horror e de profunda tristeza vermos nossa cidade se afundando em má gestão!! Que nosso povo se una cada vez mais até essa moça se retirar da nossa prfeitura, e com mui9ta urgência!!

  6. Jarbas Martins 31 de maio de 2011 18:54

    “Inconsequentes”,” massas de manobra” e “alienados”, Tácito, eram expressões usadas pela esquerda stalinista e pela direita retrógrada e mancomunada ( expressão, que horror, da época) com a Igreja.Que sabíamos de Marcuse e sua lições extraídas de Freud ? A nossa esquerda e nossa direita eram stalinistas.Proibiam a alegria e criaram juntas outra expressão: “esquerda festiva”.,Essa expressão ainda circula por aí?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo