A força ancestral

Tiganá Santana, Bahule Quartet e Aláfia bebem na matriz africana, no jazz e nos ritmos brasileiro.

Leia a matéria: aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo