Formas de matar um escritor

Por Michel Laub

Exemplo de frase atribuída a Clarice Lispector na internet: “Ainda bem que sempre existe outro dia, e outros sonhos, e outros risos, e outras pessoas, e outras coisas”. Outro exemplo: “Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo