Fotoarte, surrealismo e tecnologia

O tarimbado artista francês Jean-François Rauzier, do Pavillion des Arts et du Design em Paris, trouxe fotomontagens sensacionais dentro do conceito de “hiperfoto” –reivindicado por ele como sendo de sua autoria: a conjugação do “infinitamente grande” com o “infinitamente pequeno” em apenas uma imagem.

aqui

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =

ao topo