FOTOGRAFIA: 10 imagens de Brunno Antunes para brincar com as luzes e a magia de Veneza

Veneza compõe cenários os mais variados. Está na filmografia clássica, como em Morte em Veneza. Ou na literatura de ícones, como Henry James, Proust, Thomas Mann e Hemingway. Nas artes plásticas figura em diferentes quadrantes e estilos. É que esta cidade italiana exerce verdadeiro fascínio aos criadores artísticos. E o fotógrafo natalense Brunno Antunes, 37, não foge à regra e procurou uma magia própria, uma personificação para seu trabalho, para seu olhar sobre a cidade aquática, e resolveu “brincar” com as luzes, que se replicam em suas águas ou iluminam ruas e fachadas tão singulares. Curtam um pequeno ensaio de 10 fotografias de Brunno Antunes para a magia de Veneza:

_BAS8082

_BAS8086

_BAS8091

_BAS8093

_BAS8095

_BAS8096

_BAS8098

_BAS8102

_BAS8105

_BAS8108

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo