FOTOGRAFIA: 12 imagens do Rio Potengi que parecem pinturas, mas não é

O amor pela fotografia vem de todas as frentes. Leila Florêncio é enfermeira por formação e fotógrafa por pura sensibilidade; uma viajante nas imagens e nos sonhos. Não só no subconsciente da vida ou nos cliques mágicos, mas também pelo mundo. Ela adora aventuras e gosta de novidades. E o sertão? Também está em seu portfólio. A caicoense de coração sabe bem o que é terra seca. E por isso, sabe valorizar e enxergar a riqueza das águas. Não à toa conseguiu um olhar tão sublime ao Rio Potengi, exposto aqui neste blog de antemão à exposição no renomado Museu do Louvre, em Paris, já agendado para o próximo outubro. Esse talento, para além da sensibilidade e do olhar viajante, vem também de cursos de fotografia e workshops com nomes consagrados da fotografia brasileira. Leila encontrou na arte de fotografar um prazer e um novo ângulo para enxergar o dia-a-dia. No subconsciente da vida ou nos cliques mágicos, Leila descobre o mundo em aventuras e novidades. Foi premiada no Concurso Fotográfico Nacional. Seus cliques já ilustraram o calendário da Unicred (2009 e 2015). E agora figura por aqui, estacionada nesta quarta-feira até seguir para outro recanto do RN ou do Mundo. E das lentes para a vida.

unnamed (2)

unnamed (4)

unnamed (7)

unnamed (3)

unnamed (5)

unnamed (6)

unnamed (8)

unnamed (9)

unnamed (11)

unnamed (10)

unnamed (12)

unnamed

unnamed (14)

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − dois =

ao topo