FOTOGRAFIA: A poética do corpo feminino em 11 imagens e sensações

Abaixo seguem 11 fotografias de divulgação da exposição “flores do mais – a poética do corpo no feminino”, do fotografo potiguar Paulo Fuga. A vernissagem acontece nesta quinta e segue até 5 de dezembro, das 8h às 21h, na Galeria de Arte do IFRN Cidade Alta. Classificação indicativa de 16 anos e entrada gratuita. Os ensaios da “flores do mais” é um mergulho no universo feminino, numa sociedade onde a forma de o homem lidar com sua corporalidade, os regulamentos e o controle do comportamento corporal não são universais e constantes, mas, sim, uma construção social, resultante de um processo histórico. Seis modelos participaram dos ensaios. Atrizes, dançarinas, mães, mulheres que aceitaram a proposta de estar junto na construção da exposição, que teve como preparadora corporal a bailarina Ana Cláudia Albano. Cada ensaio foi realizado em lugares distintos da cidade do Natal, escolhidos por elas, para ficarem mais à vontade. O projeto tem ainda coordenação do produtor cultural Flávio Rodriguez e inspiração na poesia da escritora carioca Ana Cristina César. A exposição é beneficiada pelo FIC 2014.

_MG_5083

_MG_3272

_MG_3930

_MG_3934

_MG_4744

_MG_4866

_MG_4486

_MG_4989

_MG_4527

_MG_3611

_MG_3609

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Maria Aparecida Anunciata Bacci 6 de novembro de 2015 12:41

    Um belo ensaio fotográfico,concordo com o comentário de João da Mata, que a ditadura do corpo,faz a alegria da industria farmaceutíca,da mídia,hoje o as pessoas se muitilam em favor de um modelo estético, e esquecem que o corpo é um, só funciona como um todo,não é só corpo ,ou só mente,vamos ser plenos corpo e mente funcionando juntos. Também gosto da beleza renascentista.

  2. João da Mata 4 de novembro de 2015 10:17

    O corpo quer falar

    Damata

    É uma verdade incontestável, o corpo fala. Os gordinhos também querem falar e já falaram na história da arte. Todos querem falar. Perseu aparece nu para salvar Andromeda. Renoir, Botelho e outros mostraram como pode ser bonito o gordo. O corpo quer falar e fala. O falo também. O homem já foi sinônimo de beleza. As mulheres hoje ganharam proeminência. A tirania da beleza mantém indústrias poderosíssimas.

    Olhando esses corpos, percebo que muitos ainda estão presos. Poucos se mostram. Por que o nu? Por que 16 anos. Muita gente só existe enquanto nu?. Somos bombardeados pelo belo e ficamos tristes. Jovens com músculos bem delineados. Uma mulher nua que esconde. Que não se revela em luzes e enxertos. O espelho é terrível. O corpo grita. Os gestos são eloquentes. Mombaça grita. Fiquei procurando o falo e falo. Não gosto de silicone. Quero a verdade. Também não farei implante peniano. Vou sair de índio nessa bodearte.

    Gosto das mulheres renascentistas e do homem grego nu. Sou um ser clássico e me provoca náuseas essa beleza de plástico. Adoro as Afrodites de Cnidos e a Calipígia, mas espero ver nessa bodearte além do corpo. Entendo pouco essa arte, ainda, é verdade. Sou um homem de palavra e do culto aos segmentos áureos. Por que a mulher não pode falar como homem? E por que esses malditos shorts que tanto maltratam? Que falam mais do que falo. Sim, eu sei, o corpo fala com maior eloquencia. E por que os santos são famélicos? Sebastião todo flechado e nu, parece que gosta. Os anjos nen falo, são terríveis e belos. Não farei parte da religião de Leni e Nietzche. Quero homens de verdade. A buceta afugentava demônios. Príapo protegia os jardins contra ladrões. Penso num mundo onde a palavra possa existir. Quando não, é a bárbarie. É a convenção … É a ditadura do corpo nem sempre são.

    O que vou vê nessa bodephoto? Ainda estou pensando. Farei gestos. Gritarei com eco. Salve o planeta!. Salve o corpo ,,, em mente são …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo