Fracasso

Meus caros,

Há uma certa poesia no fracasso que adverte.
A sensação de fracasso é inevitável com os 70.
Gosto muito de uma composição da minha querida conterrânea Núbia Lafayette que compartilho com voces e minha amiga TeTê que tambem é chegada a um brega. Brindemos!

Fracasso / Núbia Lafayette

Relembro com saudade o nosso amor
O nosso último beijo e último abraço
Porque só me ficou da história triste desse amor
A história dolorosa de um fracasso.

Fracasso por te querer assim como eu quis
Fracasso por não saber fazer-te feliz
Fracasso por te amar como a nenhum outro amei
Chorar o que já chorei, fracasso eu sei.

Fracasso por compreender que devo esquecer
Fracasso porque já sei que não esquecerei
Fracasso, fracasso, fracasso, fracasso afinal
Por te querer tanto bem e me fazer tanto mal.

Porque só me ficou da história triste desse amor
A história dolorosa de um fracasso.

Fracasso por te querer assim como eu quis
Fracasso por não saber fazer-te feliz
Fracasso por te amar como a nenhum outro amei
Chorar o que já chorei, fracasso eu sei.

Fracasso por compreender que devo esquecer
Fracasso porque já sei que não esquecerei
Fracasso, fracasso, fracasso, fracasso afinal
Por te querer tanto bem e me fazer tanto mal.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =

ao topo