FRAGRÂNCIA

Por Bené Chaves

     

                           Estivesse tu perto de mim

te faria comer este poema

e depois de juntar

meu corpo ao teu

ver-te-ia exalar com

                            odores inebriantes

letras de um desejo cego

de contensão:

 

A arte de te amar em versos.                

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Ednar Andrade 6 de fevereiro de 2014 19:20

    Amar é mesmo arte em versos.

    Há de haver toda esta beleza dos teus versos em amar.

  2. Danclads Lins de Andrade 6 de fevereiro de 2014 13:37

    Lindo! Liricamente, lindo, Bené.

    Parabéns!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo