Futebol dá música

Os belos estádios foram construídos com nosso dinheiro. Nessas arenas poucos podem entrar. Moro aqui nessa cidade e o ingresso pago à prestação como cantou Raul Seixas / Sérgio Sampaio referindo-se ao Maraca. Logo mais o Brasil da Bola entra em campo. E o Brasil oficial vai parar. Não podemos ir contra essa corrente. Vamos gritar gol novamente e esquecer que somos um país consumidor e carente de cultura e educação. Inútil frear esse sentimento que nos arrebata e chora quando o Hino do Brasil é tocado. Protestar até pode mas não vai mudar esse sentimento. Um sentimento que também pode ser o de um povo miscigenado e alegre. De um grande país que deve receber bem os povos do mundo. Que canta orgulhoso querendo vê o Tio Sam tocar pandeiro para o povo sambar. A música popular brasileira sempre esteve associada ao futebol num casamento perfeito. Grandes jogadores foram apaixonados pela música. O Diamante Negro – Leônidas da Silva – ganhou várias  músicas.  O Estádio Maracanã também. Vamos esperar a Música para o “Arena das Dunas.” De todos os Clubes de Futebol o Flamengo foi o mais cantado. O Sambista Wilson Batista compôs em seu louvor verdadeiras obras primas.  Wilson Batista também compôs um belo samba em homenagem a Garrincha. Junto com Jorge Castro e Nóbrega  ele compôs e a vedete da época Angelita Martinez , cantou : https://www.youtube.com/watch?v=WSOVR4BG9Kw

Mané Garrincha -Marchinha gravada por Angelita Martinez

Um dos primeiros sambas em homenagem ao Timão foi composto por Samuel Andrade e Paulo Gallo ( Conosco não tem bão)  em 1969. A fantástica Seleção Brasileira de 1982 comandada por Telê Santana  ganhou um belo hit, Voa Canarinho.
Desde 1970, quando o Brasil foi tri-campeão, quase que triplicamos em população para torcer pelo Brasil. Vestimos a camisa do time e nos enfrentamos quais tribos ancestrais. Morremos pela camisa. Brigamos nos campos nossas frustrações. Somos penta – campeões e o mundo não mais respeita o futebol brasileiro. Fomos vaiados na pátria que criou o football. Perdemos mais uma. O futebol é parte da nossa cultura e está intrinsecamente relacionado com a política brasileira. Em 1950 o Brasil inteiro emudeceu com a derrota para o Uruguai no final da Copa do Mundo. No sábado, 11 de agosto de 2012, perdemos mais uma vez, quando o Brasil inteiro estava preparado para festejar o ouro olímpico. Em 1970 o poder e o ópio do Futebol. Em plena ditadura militar muitos companheiros torturados e mortos. Brasil tri campeão. O compositor Miguel Gustavo escrevia: “ Pra frente Brasil salve a seleção. Todos juntos, parece que o Brasil deu a mão … E, Don e Ravel cantavam: “Eu te amo meu Brasil, eu te amo …”
Nas olimpíadas 2012 foram poucas as medalhas ganhas por um país – continente do tamanho do Brasil. Menos de uma medalha para cada dez milhões de habitantes. Um resultado pífio. Ainda é pouco o que é investido no Brasil em saúde, educação e esportes.
Que a alegria não falte nesses dias e a paz reine. Alguns grandes países não desejam a copa que beneficia uns poucos. A FIFA vai mandar no Brasil durante um mês e receberá bilhões. A saída pelo Aeroporto de Natal ficou mais difícil. Melhor relaxar e gritar. Já temos cinco estrelas no peito. A camisa oficial não vou comprar, mas na hora do gol, ninguém me segura.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comments

There are 5 comments for this article
  1. Rosário de Oliveira 3 de Junho de 2014 11:37

    São muitas as músicas relacionadas com o futebol… adorei… Damata, você poderia eleger outros temas e pesquisar músicas relacionadas… seria bem interessante… Quanto à copa também acredito que os brasileiros acabarão se rendendo e torcerão como você… Que a copa venha com muita luz, paz e alegria!

  2. Anchieta Rolim 3 de Junho de 2014 14:21

    Gostei Damata! Vamos torcer sim pela nossa seleção. Afinal de contas, é o que nos resta depois desses escândalos que vem há várias gerações massacrando o povo do nosso belo e maravilhoso Brasil!

  3. Marcos Silva
    Marcos Silva 3 de Junho de 2014 16:03

    Claro que torceremos, criticando EMPRESAS e governos que lhes são subservientes. Quanto aos escândalos, estamos no Capitalismo, não é? Que tal dirigir os tiros de canhão contra as muralhas e não contra as formiguinhas?

  4. Danclads Andrade
    Danclads Andrade 3 de Junho de 2014 16:58

    E como dá música, amigo. Lembro de muitas, mas vou citar apenas uma: 1 x 0, de Pixinguinha, em comemoração ao primeiro campeonato conquistado pela seleção brasileira: o Sul-americano de 1919. Vitória sobre o Uruguai, com o gol solitário de Arthur Friedenreich.

  5. Maria Aparecida Anunciata Bacci 27 de Maio de 2018 22:29

    Um belo texto muito bem lembrado sobre as musicas e futebol, os torcedores em geral recordam dos grandes lances e campeonatos ganhos ( com exceção dos hinos de seus clubes) não há divulgação nem uma cultura sobre as belas musicas feitas sobre o futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP