Gardênia´s Day


Celebrar a alegria e a irreverência. O Gardênia’s Day – a Festa das Flores do Beco da Lama é muito mais uma malhação da vida; uma ironia à seriedade e crueldade das cenas do cotidiano. E a representação metafórica desse encantamento vivo a partir da simplicidade é a figura folclórica de uma das mais populares personagens da cidade: Gardênia Lúcia, toda sorrisos apesar dos muitos pesares. A festa-homenagem acontece amanhã a partir das 16h. Concentração no Bar de Nazaré (Cidade Alta) A organização pede que os participantes estejam vestidos de cores alegres e tragam flores para colorir o Beco de alegria, mesmo que passageira.

Para entender o espírito do evento, as lembranças da primeira edição, ocorrida no ano passado. Gardênia havia sido espancada pelo companheiro. Dias antes da festa, andava pelas ruas do Centro com o olho roxo. A organização, a princípio preocupada em mostrar a figura da homenageada machucada, resolveu escancarar a situação e imprimiu banners e cartazes com a figura de Gardênia com o olho roxo. O episódio do murro levado foi esquecido e Gardênia festejou o dia como se fosse o último e ela a rainha daquelas últimas horas da existência.

Não é difícil encontrar Gardênia perambulando pelas adjacências do Beco da Lama. De longe se percebe o andar de passos miúdos, o rosto arrendondado e a “lapa” de pança proeminente. De perto, a linguagem quase inaudível, confusa. Gardênia – que no batismo se chama Edmílson – é cozinheira e moradora da Cidade Alta há décadas. Integra o hall de personagens folclóricos do Centro Histórico. Partiu daí a idéia da homenagem, a partir da sugestão do artista plástico Franklin Serrão, de prestigiar pessoas que fazem o cotidiano do Beco da Lama. E nada melhor que a primavera e as flores para alegrar a estação das flores de Gardênia.

A festa constará de shows musicais, exposições de fotografias e artes plásticas, performances poéticas e terá ambientação executada pelo artista gráfico Venâncio Pinheiro – o mesmo que fez a decoração do último carnaval natalense. Como principais atrações do evento estão o show dos Chorões Potiguares, seguidos de uma apresentação de músicas românticas internacionais de Mário Henrique, e apresentação da dupla inédita Pavio Curto & Rastilho de Pólvora. A participação especialíssima e também uma forma de homenagem é a performance de Volontê (poeta homenageado pela Capitania das Artes no último Dia da Poesia), além da cantora revelação do carnaval baiano 2009, Priscilla Freire.

Fotografia
A exposição “Primavera” também acontecerá durante o Gardênia’s Day, organizada pela Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto). Podem participar sócios ou simpatizantes com até três fotos (tamanho 20 x 30) numa cartolina preta (deixando bordas de 5 cm). As fotos devem ser deixadas no Practical Cursos (Rua Laranjeiras, 14, Cidade Alta. Por trás da Igreja do Galo) até o sábado pela manhã.

Fundação da Bamba
Ainda durante o evento, será criada oficialmente a entidade Boêmios Amigos do Beco da Lama e Adjacências (Bamba). A intenção é de luta pela preservação do Centro Histórico de Natal. Para tanto, um livro coletará dos boêmios sócios fundadores da entidade, assinaturas que endossarão sua Ata de Fundação. O passo seguinte da entidade será a realização de assembléia de associados, para a aprovação de estatutos. A data da assembleia ainda não está marcada. Redigida a Ata de Fundação e eleita uma diretoria provisória de forma democrática e no dia do evento, para um período inicial de seis meses, o Livro tomará as assinaturas. O passo seguinte caberá a essa diretoria provisória, que ficará incumbida de preparar uma minuta de Estatutos e convocar uma assembléia para a aprovação dos mesmos.

Samba
A Bamba se junta à Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências (Samba) e aos frequentadores e entusiastas do Centro Histórico na tentativa de ressuscitar aqueles chãos boêmios e culturais e resgatar o prestígio e freqüência do Beco da Lama. O próprio Eduardo Alexandre, o Dunga, presidiu a Samba – hoje comandada pelo publicitário e vídeomaker Augusto Lula – por três anos e promoveu festas como Carnabeco (durante o sábado de Carnatal), Cabaré Night Beco, Réveillon do Beco, a Lavagem do Beco, entre outros eventos, além do lançamento do jornal O Beco.

* Parte desta matéria foi publicada nesta sexta-feira no Diário de Natal (foto do amigo Alex Gurgel)

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − um =

ao topo