Google: Não seja ‘evil’; mas, quem é mesmo malvado?

Por James Gleick, no New York Review of Books

Última parte de artigo publicado no New York Review of Books, uma resenha de livros sobre o Google lançados recentemente.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo