Gosto da máquina de escrever!

Amigos:

Sou um dos freqüentadores mais velhos deste espaço: 58 anos, corpanzil de 59. Por este motivo, usei muito máquina de datilografar! Inclusive aquelas pré-elétricas!
Depois que os computadores pessoais se espalharam entre nós (anos 80), aderi total. Mas digito com todos os dedos!
Vai daí, gosto daquela imagem nova do SP – a máquina de escrever e Tácito. Poderia acrescentar algo que remeta aos computadores, claro. Mas não eliminem a máquina, não!
Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Go to TOP