Governo do RN repassa R$ 200 mil ao IHGRN

Se não construiu a sonhada política cultural, a gestão cultural do Governo Rosalba deverá ser marcado por outras ações. É possível que consiga inaugurar ainda em seu mandato, a recuperação da Cidade da Criança e da Biblioteca Câmara Cascudo. Entregará, no mínimo, as obras do Complexo da Rampa adiantadíssimas. Afora o já entregue Teatro Adjuto Dias, em Caicó. Mas outras duas ações também merecem destaque, sobretudo por terem sido renegadas durante anos: a primeira, já ressaltada por aqui, é a formação de bandas de música em todos os municípios potiguares, via recursos do RN Sustentável. E a segunda, mais recente, é o repasse de R$ 200 mil ao centenário Instituto Histórico e Geográfico para sua revitalização e digitalização do seu acervo. Uma alma caridosa também poderia lembrar a digitalização do acervo do Diário de Natal, hoje mantido em caixotes entulhados no Museu Câmara Cascudo – talvez um material tão importante quanto o do IHGRN.

Na foto, a governadora ao lado do presidente do Instituto, Valério Mesquita. Também na pose, a secretária Isaura Rosado e ainda intelectuais e sócios do IHGRN (há uma diferença entre intelectuais e sócios do Instituto, ne?)
10458647_803663592977343_6681988442589561185_n

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo