fatima bezerra e crispiniano neto

Governo prorroga prazo de consulta pública aos editais da Lei Aldir Blanc

A Fundação José Augusto (FJA) decidiu prorrogar até às 18h da próxima segunda-feira (21/09)  o prazo final para a consulta pública aos oito editais emergenciais da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.
As sugestões devem ser enviadas para o email duvidas.editais.fja@gmail.com
As minutas dos editais podem ser acessadas no site www.cultura.rn.gov.br neste link AQUI.
Na última terça-feira (15) foram lançadas as minutas dos oito editais que totalizam um montante de R$ 9.949 milhões e beneficiarão 1.022 projetos, das mais diversas temáticas e vertentes artisticoculturais como saberes populares como artesanato, gastronomia, folclore, repente e cordel, às modalidades de música, literatura, teatro, dança e circo, dentre outras.

O plano de gestão dos recursos da Lei Aldir Blanc prevê a aplicação R$ 15 milhões para serem distribuídos como renda mensal aos trabalhadores da cultura, que serão pagos em 3 parcelas no valor de R$ 600 e R$ 1.200 para mães chefes de família.

Prorrogação

O prazo da consulta foi prorrogado a pedido da classe artística, notadamente o Fórum Potiguar de Cultura que esteve reunido com a governadora Fátima Bezerra na manhã da última quarta-feira para tratar da insatisfação do setor com as minutas dos editais.

Durante a reunião, a governadora reafirmou seu empenho histórico com a cultura e se comprometeu com diversas pautas apresentadas pelo setor. Entre elas, a prorrogação deste prazo e a revisão do valor para Aquisição Direta e sua destinação para editais, além de garantir espaço de diálogo com os segmentos culturais no processo de formulação e emendas às propostas de editais.

A pauta da criação também foi tema da reunião e a governadora se comprometeu em avançar para a criação do Conselho Estadual de Políticas Culturais.

Ao fim, a governadora pediu três nomes para integrar a comissão para fazer as reformulações propostas. Os indicados foram Danielle Brito, Raimundo Melo, João Oliveira e, na suplência, Esso Alencar.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =

ao topo