Grupo de Estudos Culturas Populares da UFRN comemora 20 anos

Fotografia: Stephanie Bittencourt

Para celebrar duas décadas de atividades, o Grupo de Estudos Culturas Populares da UFRN realiza os Encontros com as Culturas Populares, encontros virtuais mensais para refletir sobre a dinâmica das culturas populares contemporâneas, com seus mecanismos de constituição e consolidação no cotidiano dos centros urbanos.

No primeiro encontro, a Nação Zambêracatu, manifestação da cultura negra no Rio Grande do Norte, em um papo entre o mestre de percussão, Kleber Moreira, a dona de uma das vozes da Nação, Marília Negra Flor, o músico, poeta e antropólogo Felipe Nunes e o professor do departamento de antropologia da UFRN, Luiz Assunção.

FOTOGRAFIA: Nação Zambêracatu batuca para a Rainha do Mar, por Stephanie Bittencourt

Durante o segundo semestre de 2021, mensalmente, coordenado pelo professor/doutor do departamento de antropologia da UFRN, Luiz Assunção, um encontro em diálogo compartilha conhecimentos produzidos – frutos do encontro do/a pesquisador/a com os saberes da tradição e que compõem o conjunto da recente produção acadêmica do Grupo de Estudos. A história, a ancestralidade e memória, a presença do grupo/atividade no cenário cultural local, as dificuldades e enfrentamentos, o sagrado, a arte, estética, performance, as relações com a cultura massiva e tecnologias digitais, são alguns dos pontos de reflexões das temáticas.  

Parte de um conjunto de ações programadas para comemorar os 20 anos de criação do Grupo, Os Encontros abordam temas das manifestações culturais da cidade de Natal, como a própria Nação Zambêracatu, o Teatro de João Redondo, Araruna, Benzedeiras, Samba-enredo e Jurema.

O evento é promovido pelo Grupo de Estudos Culturas Populares e Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFRN. As atividades acontecerão em formato virtual no canal YouTube – PPGAS UFRN.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo