Hoje começa a 3ª edição do Festival Internacional da Casa da Ribeira

Festival criado e realizado pela Casa da Ribeira desde 2018, com foco nos públicos e na articulação entre Educação & Cultura, o FICA Natal chega na sua terceira edição.

Impossibilitado de acontecer em dezembro de 2020 por causa da pandemia, o FICA Natal, graças ao apoio da Lei Aldir Blanc e Governo do Estado do RN, realiza uma edição especial nesta primeira semana de março de 2021, para comemorar os 20 anos da Casa da Ribeira.

Diante do atual estágio crítico da pandemia no Brasil, com números alarmantes de mortos e adoecimentos severos, a Casa da Ribeira decidiu mudar a narrativa e decidiu não comemorar seus 20 anos.

“Iremos marcar a data como um símbolo de continuidade. Queremos seguir respirando e que nosso querido público possa seguir conosco no futuro. Em nenhum momento estaremos celebrando, mas sim homenageando os mais de 255 mil mortos e nos solidarizando com cada familiar, cada amiga, e que a arte possa ser um instante de alento e reflexão. Um olhar para dentro, um repensar as nossas atitudes para podermos enxergar futuros possíveis”, destaca Henrique Fontes, diretor-fundador da Casa da Ribeira.

O FICA Natal, nesta terceira edição, especial 20 anos da Casa, iniciou suas atividades desde o dia 08/02 com uma oficina de montagem teatral. No último sábado (27), aconteceu também o lançamento do Video-Depoimento “Clotilde Tavares – 30 anos de Teatro em Natal” contando um pouco da trajetória de uma das principais dramaturgas do estado. A mostra de espetáculos em formatos variados começa hoje (03) e vai até domingo (08). Todos os espetáculos serão apresentados virtualmente, através das plataformas ZOOM e Youtube.

O FICA Natal 20 anos da Casa da Ribeira além de marcar a data de aniversário da Casa, ecoa o lema de continuidade e permanência, chamando atenção para a produção artística e o futuro das artes cênicas em Natal, no Brasil e no mundo.

“Entendemos que um Festival que tenha uma preocupação com a formação para além das apresentações e da celebração, pode tornar-se um importante fomentador do mercado cultural no Rio Grande do Norte. Além disso, com a pandemia do Covid-19, as artes cênicas sofreram de forma devastadora os efeitos de meses de quarentena, com equipamentos culturais fechados e contratos cancelados. É urgente que haja um processo de revalorização e requalificação de artistas, espaços e acesso para a reestruturação da cadeia produtiva da cena. Um Festival é ferramenta fundamental para a visibilidade dos artistas e produtores”, finaliza Fontes.

Grupo Clowns de Shakespeare fará duas sessões da sua  peça CLÃ_DESTIN@ – Uma viagem cênico-cibernética conduzida pelos personagens com forte inspiração na diversidade cultural da américa latina; apresentações acontecerão via Instagram e zoom 

Programação – FICA Natal

Dia 03.03, às 20h, acontece a leitura dramática da peça “As Fúrias”, do dramaturgo e diretor César Amorim, que conduzirá o elenco original do maior sucesso de público nos 20 anos da Casa. A peça que foi a segunda a se apresentar no palco da Casa ficou, à época, 4 meses e meio em cartaz todos os finais de semana. A apresentação desta leitura histórica será seguida de um bate-papo virtual com o elenco. Ingressos podem ser retirados pelo sympla.com/casadaribeira.

Dia 04.03, às 20h, o dramaturgo e ator inglês Ed Bailey, participante da primeira edição do FICA Natal, apresentará, direto de Londres, a performance “Breath”, que trata das mudanças do corpo a partir do simples ato de respirar e dar atenção que damos à nossa respiração, um hábito quase neurótico nesses tempos pandêmicos. A performance será transmitida pelo youtube.com/casadaribeiratv

Dia 05.03, às 18h e às 20h, o Grupo Clowns de Shakespeare fará duas sessões da sua  peça CLÃ_DESTIN@ – Uma viagem cênico-cibernética conduzida pelos personagens com forte inspiração na diversidade cultural da américa latina. Apresentações acontecerão via Instagram e zoom para uma plateia reduzida, mediante inscrição pelo sympla.com/casadaribeira. 24 Ingressos serão disponibilizados gratuitamente a partir do dia 01.03.

Poetas Thiago Medeiros e Michelle Ferret convidam músico Pedro Salazar para um recital de poemas e textos autorais e de universos como os de Guimarães Rosa e Clarice Lispector.

Dia 06.03, às 19h, data oficial de comemoração dos 20 anos, o público terá duas atrações. A primeira é o sarau “Para corações selvagens”, onde os poetas Michelle Ferret & Thiago Medeiros convidam o músico Pedro Salazar em um recital para aquecer a saudade. Passeando por poemas, textos autorais e de universos como os de Guimarães Rosa e Clarice Lispector. Acontecerá pelo youtube.com/casadaribeiratv

Dia 06.03, às 20h, acontecerá a estreia da nova montagem do espetáculo “Pobres de Marré”, do Grupo Carmin. “Pobres de Marré” foi a peça de estreia do Grupo Carmin em 2007 e conta a história de duas mulheres em situação de rua que esperam a chegada de um dinheiro “prometido”. Nesta nova montagem as atrizes Ana Luisa Camino e Alessandra Augusta interpretam Dasdô e Maria. Será transmitida do palco da Casa da Ribeira pelo youtube.com/casadaribeiratv

Dia 07.03, às 18h, marcará a estreia do novo projeto da Casa da Ribeira, intitulado “Curto Teatro” e que irá exibir em episódios, cenas de até 15 minutos, onde artistas com formações e trajetórias diversas se reinventam isolados em suas residências de frente para a câmera do seu celular, criando narrativas que mixam autobiografias, causos, sentimentos extraídos de uma música ou peculiaridades de um dia qualquer. Após a estreia os episódios ficarão disponíveis no youtube.com/casadaribeiratv.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo