Imortal desacadêmico

Eu não vou morrer.

Vou esgotar a vida

e vou deixá-la tão desnutrida

que quando eu partir

foi ela que morreu,

não eu.

Ex-Presidente da Fundação José Augusto. Jornalista. Escritor. Escreveu, entre outros, A Pátria não é Ninguém, As alças de Agave, Remanso da Piracema e Esmeralda – crime no santuário do Lima. [ Ver todos os artigos ]

Comments

There is 1 comment for this article
  1. Anchieta Rolim 25 de Novembro de 2014 14:59

    Massa! …E podem apostar, um dia, eu matarei a morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP