Insanidade…

Por Ednar Andrade

…Fechar os olhos… E sentir … Apenas silenciar para ouvir os gemidos deste amor sagarado… Dizer lindo é pouco. A insanidade deste momento o santifica, Nele não há pecado… No fogo da paixão o prazer é venerado. E o amor “completado”. Assim amantes, Assim plenos , Gozados, Felizes saciados… Entregues, Sem temores, Em açoites de beijos e carícias, Amados.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo