Isabel Allende, Prêmio Hans Christian Andersen de Literatura 2011

(Prensa Latina) A escritora chilena Isabel Allende acrescentou hoje um novo prêmio à sua trajetória, um galardão cobiçado no mundo das letras, o Prêmio Hans Christian Andersen de Literatura, cujo nome é uma reverência.

O anúncio fazer a fundação privada que honra o criador dinamarquês e se entrega a quem de alguma maneira estejam vinculados com a obra de um homem devindo paradigma de todos os tempos, que bebeu nas fontes da tradição oral de seu povo, em suas lendas ancestrais transmutadas no ouro puro da literatura.

Dinamarca, minha pátria, é um país poético, afirmava, cheio de lendas populares, velhas canções, com uma história muito rica em acontecimentos notáveis e muito unida à da Suécia e Noruega.

Ao argumentar sua sentença, o júri destacou o talento de Allende para “enfeitiçar” seus leitores e a corrente mágica que sustenta sua narrativa, alimentada da realidade vivida, das fabulações aliadas ao seu mundo familiar quotidiano.

Dotado com 500 mil coroas dinamarquesas, equivalentes a uns 95 mil dólares, o prêmio ultrapassa em muito o aval monetário pela aureola de consagração que leva consigo e sua lembrança de um escritor cujo legado faz parte de todos.

Embaixadora, entre outras personalidades, do Ano Internacional Hans Christian Andersen -organizado em ocasião do bicentenário de seu natalício-, Allende é a segunda mulher a merecer esta distinção, que receberá em Odense, a cidade natal do escritor, localizada no centro da Dinamarca.

Sua antecessora foi, em 2010, a britânica J.K. Rowling, autora da saga infantilÂá Harry Potter.

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Bethânia Lima 29 de junho de 2011 12:04

    merecido prêmio e reconhecimento. adoro ler Isabel Allende – ela é uma das minhas autoras preferidas, junto com a portuguesa Teresa Horta. Para mim, elas unem poesia, magia, história, força, erotismo, feminilidade…enfim encantamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo