JOÃO E MARIA

Maria amanheceu sorrindo
ainda não sabe
se é menina ou menino

para João
o que for
será bem vindo

quando a hora chegou
Maria já chorava
de alegria e de dor

no entanto João se apavorou
na maternidade
estava faltando doutor

sem dinheiro
sua reclamação
não tinha valor

ao final do dia
nem Maria,nem menina,nem menino
só João chorando seu destino.

Sou artista visual, fiz várias exposições individuais e coletivas, já participei de salões, palestras, seminários, whorshop, projetos culturais, oficinas de arte, intervenções urbana e etc... Escrevi um livro de poemas "Agonia" que é mais pessoal que poético e gosto do portugues escrito de forma simples onde pessoas com menos formação acadêmica tenham condição de ler e entender. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 7 comentários para esta postagem
  1. Anchieta Rolim 10 de novembro de 2011 22:36

    Valeu Cláudia, obrigado pelo comentário. Abração!!!

  2. Cláudia Magalhães 10 de novembro de 2011 19:13

    Concordo com João da Mata, tem muita sonoridade mesmo. Muito bacana, Anchieta! Parabéns! Beijos.

  3. Anchieta Rolim 10 de novembro de 2011 12:15

    Obrigado Romana. João, vou falar com Mira pra vê o que ele acha. ha,ha…Um forte abraço para vocês!

  4. Anchieta Rolim 10 de novembro de 2011 11:53

    Valeu Saddok, é o mínimo que podemos fazer meu irmão (agir e protestar). Quem sabe um dia as coisas melhorem…
    Abraço irmão!

  5. João da Mata 9 de novembro de 2011 19:27

    Anchieta, pede pra musicar. O seu poema ja é uma cançao de ninar. Tem muita sonoridade

  6. Romana Alves 9 de novembro de 2011 19:08

    Anchieta, ficou maravilhoso!!! A realidade triste adornada com a beleza das letras… Adorei!!!

  7. José Saddock 9 de novembro de 2011 18:05

    Grande Anchieta, descascando a vida como ela é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo