Jornada Literária twittada

Estive ontem na abertura da primeira jornada literária de Macau. O poeta Horácio Paiva leu um texto escrito em homenagem ao poeta Benito Barros, falecido recentemente. Depois, os três convidados pra falar sobre a literatura do RN. O tempo para cada participante da mesa é de cinco minutos. Um tempo de twitter para falar tanto. Concordam!

Luto

A cidade de Macau está enlutada. Vários de seus moradores ilustres faleceram nos últimos dias. Em cada canto, em cada bar a lembrança do poeta Benito. Tomo uma cerveja no bar onde ele esteve no dia anterior ao seu falecimento. Todos falam dele com carinho e saudades. A tarde é bela na praia que ele tanto amava. Praia onde ele gostaria de ver lançado seu coração pós- morte.

No dia seguinte

Um belo passeio com os amigos Inácio, Abimael, Homero e Damata. Visitamos a paradisíaca praia de Diogo Lopes. Depois Guamoré e a travessia Galinhos. A travessia de barco Guamoré – Galinhos é feita de barco e dura em torno de quarenta minutos. Lindo passeio soprado pelo vento sul, vendo ao largo os bonitos e preservados mangues.
Na beira-mar tomo umas com o amigo Abimael. Homero e Inácio só participam do regalo feito de dourado frito e ao molho de ostra.
Aquático passeio e belo colóquio que durou um lindo dia de verão azul e de maré alta, aguardando a lua cheia.
Evoé Benito. Essa viagem foi para lhe abraçar e brindar.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo