Joss Stone

Advogado público e escritor/poeta. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 5 comentários para esta postagem
  1. Lívio Oliveira
    Lívio Oliveira 8 de maio de 2012 8:07

    Li, certa vez, a seguinte e sábia expressão num ex-libris (sou um amante dos ex-libris):

    “Mieux vaut rire”.

    Repito: “Mieux vaut rire”.

    E repito: “Mieux vaut rire”.

  2. Jarbas Martins 8 de maio de 2012 8:35

    Aclamadíssimo, José Mauro Vasconcelos foi o escritor que mais despertou admirações, invejas e o menosprezo dos intelectuais da minha época. Fora alguns parágrafos de “Meu pé de laranja lima” lidos, de relance, na Livraria Universitária – onde o epigramático livreiro Luís Damasceno pontificava – nada sei desse macauense ilustre. Continuo achando-o uma curiosidade literária, até porque nasceu no Rio Grande do Norte – o Estado mais silencioso do Brasil, segundo Paulo Francis.

  3. Marcos Silva
    Marcos Silva 8 de maio de 2012 14:48

    Não entendi porque o comentário anterior de Jarbas veio parar aqui. Enfim, também entrei aqui para dizer:
    1) Vi JMV uma vez na vida, na Galeria Vilaflor, de Augusto Severo Neto (acho que eram amigos). Pessoalmente, parecia boa gente. Os livros eram chatos. Fizeram grande sucesso de venda na época. Andam esquecidos, substituídos por outros chatos.
    2) Paulo Francis deveria ter nascido no RN para cultivar mais o silêncio. Nenhuma alma caridosa o apresentou a Jorge Fernandes, Câmara CAscudo, Sanderson Negreiros e Zila Mamede?

  4. Lívio Oliveira
    Lívio Oliveira 8 de maio de 2012 15:37

    Jarbas e Marcos, compadres, sintam-se em casa. Quem tá cantando aí é a Joss Stone! Óia só!

  5. Jarbas Martins 8 de maio de 2012 17:56

    Olha, compadre, entrei aqui e fiquei afônico como você. Que a moça é linda não tenho a menor dúvida. Mesmo enrolada na bandeira brasileira. Mas eu não saberia o que dizer da música que ela canta, e da sua maneira de expressá-la. Esperei em vão que O Polímata da Mata dissesse alguma coisa. Mas anda mais calado e bisonho que torcedor abecedista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo