Juan Gelman

Por Jarbas Martins

Falar em poeta que procura unir a ética política à estética, nunca é demais ler e ouvir o argentino Juan Gelman. São dele os versos que dedico aos jornalistas, em seu dia, há pouco lembrado por Nina Rizzi:

las fiebres escritas en todas las partes como ninguna parte.

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Tácito Costa 7 de abril de 2010 14:28

    Conheço uma antologia de poemas de Gelman. Muito bom poeta! Bela maneira de homenagear os jornalistas, só poderia vir de alguém com sensibilidade de… poeta. abração Jarbas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo