Júlio Lima daqui a pouco na Ribeira


Música visceral, suavidade sonora e muito experimentalismo estarão reunidos hoje no Largo Dom Bosco, na Ribeira. O músico e compositor Júlio Lima lança o CD Há Sempre Música na abertura do Festival da Canção e da Cultura Potiguar a partir das 20h. Em seguida, os 24 finalistas do festival sobem ao palco para a disputa. O pernambucano Nando Cordel fecha a noite com sucessos já conhecidos do público. Acesso gratuito.

Júlio Lima lançou um dos melhores trabalhos musicais do ano de 2009. O show de lançando do CD foi agendado para 11 de novembro e cancelado há dez dias do evento após o cancelamento do patrocínio do Sesc. Para compensar, Júlio decidiu promover o primeiro rebento em três apresentações. Além de hoje, o show do CD será apresentado em 20 de dezembro e 23 de janeiro dentro da programação do Cena Aberta, na Casa da Ribeira.

O título do CD é também o da música premiada no Fetival MPBeco 2009. Além de Há Sempre Música, outros sucessos como Coagulado, O Muro e Pária integram a coleção de composições de um dos grandes talentos musicais do Estado, autor de mais de 400 canções e membro da lendária banda roqueira Alcatéia Maldita.

O Festival da Canção reúne composições inéditas de autores espalhados pelo Rio Grande do Norte. Entre os 24 finalistas serão selecionados pelo júri técnico três músicas nas categorias Estudante e Público Geral. Os três primeiros vão receber o prêmio de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil (Estudante), e R$ 4 mil, R$ 3 mil, R$ 2 mil (Público Geral).

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + cinco =

ao topo