Kazuo Ohno

Um duelo com o solene ato de viver.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 17 =

ao topo