Khrystal, a dádiva preciosa

Por Fernando José

Domingo de carnaval,tédio momesco em que tudo se repete,me recolho ao prazer da tão merecida leitura do nosso dia a dia,quando de repente, visito o SP,e leio o titulo ‘ Ela canta o Sertão’ de Michelle Ferret, o texto me tomou de uma emoção,por tão belas palavras firmes e verdadeiras,a conheci cantando no Beco da Lama,sabendo que são poucos os que passam por ali e fazem sucesso,e saber que em plena semana de carnaval, ela foi aplaudida de pé,desde já a parabenizo,e também agradeço a Michelle,você foi olhos e ouvidos do povo potiguar em tão distante ricão,ofereço a ti Khrystal estes simples versos.

Khrystal, a dádiva preciosa
É uma dádiva preciosa que causa deleite aos nossos olhos,
e nos leva a viver a vida em harmonia,
com o seu brilho primaveril,
é a nossa ASA BRANCA,
que canta quando volta ao sertão,
e faz abrilhantar a emoção,
é a cantoria da SABIÁ nas serras potiguares,
e é por si só,
o explendor da natureza.

ao topo