Laboratório de poesia “Entre a Palavra e o Impulso” promove oficinas online

Projeto terá três oficinas com artistas de renome nacional e internacional.  Cada oficina terá 4 encontros com 3h de duração. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do formulário online AQUI

A primeira ação formativa do laboratório será dedicada à escrita e será conduzida pela poeta Michelle Ferret (RN). A oficina“Fogo, ar, terra, água e memória” acontecerá entre os dias 20 e 23 de julho, de 18h30 as 21h30. A oficina tem como proposta estimular através dos elementos da natureza as sensações para o despertar da escrita.

O segundo momento do laboratório será dedicado a leitura. A oficina “Como Mastigar Palavras” com Bia Miranda e Mari Willians (SP), acontecerá entre os dias 26 e 30 de julho, de 09h às 12h. Essa atividade propõe um primeiro contato com a oralidade da poesia e com a sensibilidade que pode ser explorada pelo corpo e pela voz de cada interprete. 

E para finalizar o laboratório tem a oficina “Corpos para fazer” com a artista visual Génova Alvarado (VNZ), nos dias 03, 05, 10 e 12 de agosto, de 14h as 17h. O terceiro momento é dedicado à performance e parte da premissa do corpo como meio de expressão e emissor de uma ideia com exercícios que convidam o participante a abordar corpo, signo, sujeito, tempo, espaço, símbolo e objeto. 

“Ao final das oficinas, como resultado criativo, serão produzidos um e-zine, um sarau e uma exposição virtual de ensaios performáticos que será disponibilizada nas redes socias da Remar Produções”, conta Renata Marques, poeta e produtora do laboratório. 

O laboratório de poesia é uma realização da Remar Produções e acontecerá nos meses de julho e agosto através da plataforma virtual do meet.  O projeto contempla três oficinas com artistas de renome nacional e internacional.  Cada oficina terá 4 encontros com 3h de duração. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do formulário online.

O laboratório de poesia é a primeira ação de um projeto maior que lançará ainda esse ano um livro de fotopoemas e uma videoperformance. “O laboratório de poesia é uma forma de aprender e compartilhar conhecimento na rede. Com as oficinas abrem-se oportunidades de conhecer o trabalho de poetas contemporâneos além de, nesta programação, resgatar a oralidade e também oferecer ferramentas para experimentar a poesia de diferentes formas” acrescenta Renata. 

O projeto “Entre a palavra e o impulso – Ações formativas” conta com recursos da lei emergencial Aldir Blanc, através do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo