Lamarckyana

O poeta e artista plástico Alberto Lacet está com o seu primeiro livro de poemas, “Explicações do Fogo”, no prelo. A obra sairá em breve com o selo da prestigiosa editora potiguar Sol Negro, que tem a frente o poeta Márcio Simões. Abaixo um dos poemas do livro. Até o lançamento, publicaremos outros, como aperitivo até o lançamento. TC

Por Alberto Lacet

“Se a socavão de terra acontece aninhar réstias de luz

É possível que lá se depositem gravetos de sombras da lua

Que isso venha trazer colateral errancia de ventos chocos

Atrair hálito ferruginoso de maré extraviada

Cumulação de invisíveis raios, chispas em cruz girante

Orvalho azedo de carregação e mergulhias (ensopamentos)

Que possa padecer nas provações sem hora, ano ou era

Até que uma primeira fumaça sorrateira comece a sair

Já naquela ardencia concentrada de fogo de lupa

Chegada sob peso criador da luz e a malta de malefícios

Que na intemperança desplanaviada

Alvedrie primeira aparição do lobrêgo

Do que naturalmente vire chumaço de podridão,

mecha de gosma, pestilencia

Granjeiras do ar e da morte

Porém numa gravidez de anos e bichos

Fecundando o possível embrião de rua

Na pouca ventura da sorte

No lugar onde um destino qualquer irá se resolver

Assim que refúgio for de vez primeira

Quando alguém, uma mulher, parida da longa distancia

A se regalar numa alcândora de excrementos

Ali pactuará e furtará seu corpo à chuva

Fermentará a perversão e o sonho”

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. alberto lacet 7 de junho de 2013 17:32

    “Você viu os elogios ao seu poema? Jarbas é um grande e conceituado poeta. Parabéns!”
    Agradecendo ao Jarbas e publicando inconfidencia minha ao amigo Demetrio.

  2. Jarbas Martins 7 de junho de 2013 10:01

    Abrir espaço para o belo poema de Alberto Lacet, é maior prova que o Substantivo Plural, além de um laboratório vivo e democrático, ama a alta poesia. Parabéns, Tácito Costa, pluralistas e leitores contumazes ocasionais.Que o prêmio de melhor jornalismo cultural, que se faz no Estado, seja novamente outorgado a este blog querido pela excelência intelectual e coragem de suas atitudes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo