“Lápis nas Veias”

Por Anchella Monte

Clauder Arcanjo lançará hoje em Natal, às 19 h, na Siciliano do Midway, o seu livro de minicontos Lápis nas Veias. No finalzinho do ano passado, meus alunos puderam conversar com o autor sobre leitura e literatura e ficaram realmente impressionados com a alegria do autor ao falar sobre livros, sobre sua formação como leitor. Além disso, Clauder é um contador de histórias muito envolvente, histórias suas e dos outros, predicado que se soma a uma grande  simplicidade (o amplo conhecimento que possui sobre literatura e afins não o deixou esnobe) e versatilidade (são vários os gêneros textuais em que transita). A poeta Rizolete Fernandes, nossa amiga, seguiu viagem para Teresina, mas pediu-me que lesse hoje, durante lançamento, dois textos (poema e crônica) sobre Clauder.  Abaixo o poema:

PASSARINHEIRO
para Clauder Arcanjo
de Rizolete Fernandes

O pássaro de plumagem ensolarada
e inconfundível canto
repousa quinze dias em seu ninho
cuidando da ninhada e nesse tempo
não faz visitas rasantes
para um alpiste-café
nem trina para as aves pousadas
nos galhos de caraúba
ou de matagais quaisquer
nos outros quinze dias
voluteia a imaginação
sobre desertos e mares
salinas arrecifes cidades
países e continentes
perscrutando da vida a poesia
orvalhado em reminiscências
da ancestralidade licaniense.

ao topo