Lei Câmara Cascudo aprova três projetos hoje, um deles o Caravanas de Escritores Potiguares!

A Caravana de Escritores Potiguares é, com certeza, o projeto aprovado na Lei Cascudinho que divulgo com o maior prazer. Um trabalho reconhecido e abnegado coordenado pelo pesquisador e escritor Thiago Gonzaga que leva não só o autor e o livro para perto do aluno, mas acredito que leva também um novo mundo, um novo olhar ou mesmo uma nova esperança de futuro para muitas crianças e jovens interior afora.

Vejam só: Thiago Gonzaga, Manoel Onofre Jr. José de Castro, Junior Dalberto, Aluizio Azevedo Jr., João Andrade e outros viajam ao interior para proferir palestras e distribuir livros gratuitamente em escolas públicas. Quando chegam às escolas, cada escritor adentra uma sala de aula. Após as palestras de uns 40 minutos, há uma grande conferência no ginásio, pátio ou auditório da escola com todos os autores.

E nessa brincadeira se vão dois anos com esse projeto. Os autores – cerca de dez por viagem – já visitaram Assú, Currais Novos, Nísia Floresta, Macau, São Tomé, São Paulo do Potengi, escolas da própria capital e vários IFRNs. Tudo por conta própria! Eles alugam van, pagam diárias em pousadas, alimentação, afora a doação dos seus livros; afora a doação do seu tempo e conhecimento para alunos, professores e funcionários das escolas.

Thiago resolveu inscrever o projeto na Lei Cascuda e conseguiu aprovação hoje. O orçamento de pouco mais de 91,3 mil proporcionará isenção dessas despesas e cachê simbólico a cada autor. Justíssimo. O projeto acontece todo mês no interior e quase toda semana na capital; alcança cerca de 700 alunos por evento. É muita coisa. Se contabilizar o ano inteiro é muito, mas muito mais do que qualquer festival ou feira literária.

De parabéns Thiago e a rapeize que se propuseram a colaborar com essa empreitada e agora continuar a jornada. Que consigam a captação! E nessa pendência também estão os projetos Setembro Cidadão e a 3ª Mostra de Cinema de Gostoso, orçados pela bagatela de R$ 714,2 mil e R$ 722 mil, respect. E não custa lembrar, Thiago é o cara da campanha de doação de alimentos em troca de livros para vítimas da seca no interior potiguar, que resultou em mais de 500 kg de alimentos arrecadados.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo