Lembrando Pimentel na Barca Paraibana

Por João da Mata

No mês de Agosto do folclore
Lembro do Altimar Pimentel
que corrigiu Câmara Cascudo
e outro Gaijeiro contramestre
Mário de Andrade na Barca do Inferno
Falando do sexo da Saloia

Cabra muito sabido
Das coisas populares
Escreveu muitos livros
Teatro e cocos embolar
Sua mãe foi cordelista
E sua avó potiguar

Sua avó era Ugulina
Filha de Nunes da Costa
Grande cantador de viola
Nunca perdeu uma aposta
Batistas, Dimas parentes
Gente que tinha proposta

Pimentel contou estórias
E colheu danças de roda
Sozinho eu não fico não
Terezinha sempre na moda
Imposto da porteira não pago
Na mão direita uma corda

Pedro Malazarte foi esperto
Em Portugal tem duas facetas
Na Espanha é Urdemallas
Uma é boa outra faz careta
No Brasil ele é João Grilo
Pedro Quengo e Porreta

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =

ao topo