Leveza

je

Como pássaros, propus ser leve
Busco, portanto, asas, plumas, ventos
Na mais veemente busca; pensamentos
De pássaros, de folhas, de neve.

Propus ser suave como o toque breve
Do hálito do mar, do sereno, do alento
Suave como a resposta presa no tempo
Que chega sozinha, na hora em que deve

Algo como Dumont e sua aeronave
Porém, não tão pesado, não tão grave.
Encontrar a leveza que me propus

Talvez seguir caminho e ouvir Jesus;
“Meu fardo é leve, meu julgo é suave”
Depois, vê-lo partir rumo à cruz.

Comentários

Há 4 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 5 =

ao topo