“Libertação”, de Sándor Márai

marai“O breve romance “Libertação”, do húngaro Sándor Márai (foto, 1900-1989), publicado em 1945, quando a Segunda Guerra Mundial terminava, é uma sensível monografia ficcional sobre as poucas horas em que um velho mundo vem abaixo e o fantasma do futuro começa a se erguer do pó.” Cristovão Tezza

aqui

ao topo