Livro de Osório

Tácito, registro o lançamento do mais lírico, doido e agradável livro publicado nos últimos tempos. Trata-se das Memórias de Um Anti-Herói, de Osório Almeida. “Desde que morava no Rio de Janeiro, eu ligava para a namorada e marcava um encontro amoroso. Ela dizia “Já sei. o Botafogo perdeu”…”Marquei um encontro amoroso com uma dona e nada aconteceu.Da parte dela, tudo normal; da minha parte nada aconteceu. Quando foi de noite o Botafogo ganhou do Flamengo, de virada. A força do ditado popular da sorte no jogo e azar no amor anulou meu desejo sexual”. E por aí vai. O livro tem vinte páginas. Acompanha uma cerveja gelada e é uma delícia. Recomendo ao mau humor dos intelectuais.

Ex-Presidente da Fundação José Augusto. Jornalista. Escritor. Escreveu, entre outros, A Pátria não é Ninguém, As alças de Agave, Remanso da Piracema e Esmeralda – crime no santuário do Lima. [ Ver todos os artigos ]

ao topo