Livro revê obra da modernista Tarsila do Amaral e sua relação com Paris

Em publicação de 276 páginas, Maria Alice Milliet analisa trabalho da pintora e suas influências.

aqui

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. João da Mata 20 de dezembro de 2011 10:36

    Tácito, meu amigo. Voce que é PHD no assunto. É verdade que o quadro Abopuru é fálico e foi pintado apos uma noite de orgia da pintora com Oswald de Andrade?
    .
    Meu amigo, o que seria da arte sem o amor!
    Sobre o feio o Eco escreveu um belo livro.
    O monstro permeia toda a história da arte e literatura.

    • Tácito Costa 20 de dezembro de 2011 11:38

      Damata, não sei dizer e não vou pesquisar no Google – rs, mas tem gente aqui qualificada para responder a essa e outras questões, digamos, artísticas – rs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo