Livro “Vivendo com o Mar” foca nas comunidades litorâneas de Cotovelo e Tabatinga

O livro “Vivendo com o Mar” será entregue à sociedade potiguar, 10628387_1612573458987054_8289801750674005376_ncomo mais uma ferramenta na busca da sustentabilidade do nosso litoral, com especial enfoque na conservação dos recursos marinhos. O livro – com data a ser definida para lançamento – é resultado de seis anos de pesquisas e vivências com o ambiente costeiro marinho e com as comunidades litorâneas de Cotovelo a Tabatinga, através do projeto Ponta de Pirangi.

O livro é uma mistura do trabalho social com comunidade, fotografia e dados científicos coletados por biólogos em parceria com a UFRN. “Fazemos o trabalho que a secretaria deveria fazer, mas não tem verba nem pessoal. O poder público reconhece nosso trabalho e nos apoia, mas é preciso evoluir muito no que se diz respeito à preservação dessas áreas.” Diz Guido Grimaldi, presidente da Ong.

“Vivendo com o Mar” está estruturado em seis capítulos, produzidos por especialistas na área ambiental e educadores. Cada capítulo aborda um aspecto do litoral que, em conjunto, compõem a obra. São eles: 1) Ocupação Humana – A Sociedade, a Terra e o Mar, 2) A Geodiversidade e os Habitats Marinhos, 3) Biodiversidade Recifal: Fauna e Flora Marinhas, 4) Pesca: Modo de Viver, 5) Educação Ambiental – Formação e Identidade, 6) Governança – Reconstruindo nosso litoral: Ordenamento e Participação Social.

11393379_1637958033115263_537790905423838025_o
A Ong também tem publicação para o público infantil.

Sabendo da importância da biodiversidade de Pirangi e região, a ong Oceânica criou o projeto Ponta de Pirangi. Desde 2010 o projeto vem realizando importantes atividades como pesquisas, educação ambiental, campanhas e eventos socioambientais de sensibilização da comunidade no litoral de Cotovelo, Pirangi do Norte, Pirangi do Sul, Búzios e Tabatinga.

As ações realizadas pelo projeto fomentaram o avanço no ordenamento do uso e visitação dos Parrachos de Pirangi, pela elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) sob a liderança do Ministério Público Federal. Outra conquista da Oceânica em Parceria com a UFRN foi a inclusão do litoral sul no Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos (PAN Corais), tornando a área “prioritária para a conservação nacional”. Nosso “Mergulho de Encantamento” será no Parracho de Pirangi, principal piscina natural e alvo do TAC. Assim todos já podem se encantar com nosso litoral e conhecer as regras de ordenamento criadas para sua conservação.

A Oceânica 10257425_1609057076005359_2997524822276791310_oé uma organização não governamental que há cerca de 13 anos trabalha para a conservação de ambientes e espécies marinhas na costa do RN. Em parcerias com instituições de ensino e órgão públicos ambientais, nas esferas municipais, estaduais e federais, já realizou diversas pesquisas científicas em áreas de proteção ambiental (Atol das Rocas, Fernando de Noronha, APA dos Corais) e na conservação e manejo de espécies ameaçadas.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 15 =

ao topo