Livros de presente? Todo cuidado é pouco

“É uma delícia de fino humor – e sob o mais banal dos pretextos, o das recomendações de presentes literários de fim de ano – o artigo “A linguagem muda”, de Leila Guerriero, na última edição do “Babelia” (em espanhol, acesso livre). O subtexto é claro: cuidado com o que você dá de presente, o terreno é movediço e as conotações, infinitas – a vítima pode ser você.”

aqui

ao topo