Livros, filme e peça marcam centenário de Elizabeth Bishop

Num dos seus mais celebrados poemas, “One Art”, Elizabeth Bishop (1911-1979) escreve: “A arte de perder não é nenhum mistério;/ tantas coisas contêm em si o acidente/ de perdê-las, que perder não é nada sério”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo