Lobo Antunes

Escritor  assegura que nunca faltaria a encontro por “medo do confronto físico”

António Lobo Antunes garante que só quem não o conhece pode acreditar que tenha faltado a um encontro literário, no sábado, em Tomar, por “medo do confronto físico” com um grupo de militares reformados que tinham ameaçado agredi-lo. “A cobardia não é decerto um dos meus defeitos”, explicou ao PÚBLICO o escritor, lembrando que correu “várias vezes risco de vida” durante a guerra colonial.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + oito =

ao topo