Loki é excelente

O documentário “Loki – Arnaldo Baptista” passou no Moviecom. Eu me programei para ir, mas uma coisa e outra e o filme, como sempre em se tratando de filme nacional ou de pouco apelo comercial, foi retirado de cartaz rapidinho. E eu não queria acabar o ano sem ver esse filme porque estou aprontando a minha lista de bons filmes de 2009 e gostaria de incluí-lo, ou não – por isso também me submeti à fila para Avatar.

A lista eu publico em breve. Mas já adianto que o primeiro entrará na minha relação de bons filmes que assisti esse ano (vi ontem à tarde em DVD). O segundo fica de fora, embora reconheça méritos como no uso de efeitos especiais e 3D, como frisei em post anterior.

Gostei muito de Loki, que tem competente direção de Paulo Henrique Fontenelle. Como não sou um conhecedor do rock brasileiro, principalmente de sua gênese, fiquei por dentro de episódios importantes de Os Mutantes, a banda liderada por Arnaldo. As canções também são massas, fiquei com vontade de ouvir tanto a banda quanto o disco solo Loki de Arnaldo. Recomendo com entusiasmo o documentário.

ao topo