Lua Setembrina

Noite de lua
Cheia
Setembrina
Não pode dormir
Meninos e meninas

Está triste por quem
Não podes pega-la
Brinquemos
Ta quente?

A benção dindinha Lua
Vou consultar meu Lunário Perpétuo
e saber se é hoje
Que devo plantar ou colher
Esse amor.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Anchieta Rolim 15 de setembro de 2011 18:04

    Maaaaassa demais, valeu grande João da Mata!

  2. Ednar Andrade 14 de setembro de 2011 19:43

    Da Mata, meu querido, a benção dindinha Lua, quanto mais o tempo passa, mais eu gosto de você. Também sou fã da Lua em toda a sua plenitude. Logo vamos curti-la aqui no jardim. Beijos, meu lindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo