Lúdico

Estou chegando ao final da leitura de Os Irmãos Karamazov, do grande Dostoievski e já tenho duas certezas: vou ter que ler de novo cotejando com uma biografia que tenho comigo, toda baseada em trechos desse romance; fiquei com a impressão de que o romance poderia ser mais magrinho. Acho que o mestre de São Petesburgo não gostava muito de enxugar seus textos. Esse processo de leitura que estou experimentando é muito gostoso e parece mais uma grande brincadeira. Bom feriado a todos.

Jornalista e escritor. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 4 comentários para esta postagem
  1. carlos de souza 8 de junho de 2012 11:12

    belchior, querido amigo, tácito já tinha me falado dessa biografia, mas acho muito comprida. estou me valendo de uma muito boa (não lembro agora a editora) que tem um tamanho razoável e faz muitas citações ao Irmãos Karamazov.

  2. belchior de vasconcelos leite 7 de junho de 2012 22:52

    Carlão,talvez seja do seu conhecimento a biografia de Dostoiévski por joseph Frank. São cinco volumes,editada pela Edusp.Baseada em suas obras e participação política.Acredito fundamental á compreensão de sua obra.Não sei dizer qual o seu melhor romance: Crime e Castigo,Os Irmãos Karamazov,O Idiota,O Eterno Marido,O Jogador?Todos são muitos bons.Se tivesse em dizer qual o melhor seria uma tarefa difícil. Um abraço.

  3. Nina Rizzi 7 de junho de 2012 18:57

    De cabeceira. E de longe, aqui, o melhor do mundo.

  4. Sergio Vilar 7 de junho de 2012 16:40

    Se Dostoiévski enxugasse os textos como Tolstoi, era imbatível. Ainda assim prefiro Os Irmãos Karamazov do que qualquer obra de Tolstoi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo