Luná(u)tico

Recebi do jornalista Cefas Carvalho o tradicional cardápio de textos e poemas da segunda-feira e pesquei este do poeta Carlos Gurgel – quem melhor escreve sobre música nestas plagas. Lembro já saudoso de seus textos publicados na Preá.

LUNÁ(U)TICO

bailo
o tempo todo
sílabas que me comovem

entro
sempre que posso
na fila
de um parágrafo que boia

findo como
quem se estica
como quem estivesse
escrevendo p’ro vazio

e me
vejo
vagarosamente
acertando acentos
de uma eterna magia.

(Carlos Gurgel)

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo