MADA lança seletiva nordestina e anuncia datas, local e primeiras atrações

O Festival MADA – Música Alimento da Alma, um dos mais importantes eventos da cena musical contemporânea do Brasil, chega a 17ª edição em 2015. Será de 30 e 31 de outubro e, pela primeira vez, vai ocupar o gramado da Arena das Dunas com o mesmo formato de palcos gêmeos, dinâmica de shows alternados, e ainda a tenda eletrônica ocupando um espaço e atrações próprias.

Como é de praxe, o festival mais antigo do Rio Grande do Norte começa a agitar sua bandeira de largada divulgando algumas atrações musicais. Entre os nomes já fechados está o do cantor, compositor e multiinstrumentista paraense Felipe Cordeiro, a roqueira baiana Pitty, lançando novo álbum, e as bandas potiguares Mahmed e Plutão Já Foi Planeta.

Uma novidade este ano será a Seletiva Nordestina na Rede. Numa parceria inédita com um dos maiores canais de cultura, música e cinema do Brasil, o portal “Brasileiríssimos” [www.brasileirissimos.xpg.uol.com.br] e fanpage [https://www.facebook.com/br4sileirissimos?fref=ts ], o festival lança um concurso onde o público vai escolher duas bandas/artistas nordestinos para se apresentarem na edição 2015. A ideia, segundo o produtor Jomardo Jomas, é trazer para o mundo virtual as famosas seletivas ao vivo, que são uma tradição do MADA, principalmente no Rio de Janeiro e em Natal.

Neste formato virtual, os artistas e bandas do Nordeste que possuem um trabalho autoral poderão inscrever suas músicas para escolha dos internautas, no Canal do Youtube do Festival MADA. Os dois vídeos/músicas que tiverem mais views e curtidas serão convidados para o Festival.

“Recebemos trabalhos através de links e ainda Cds de mais de 500 bandas e artistas de várias partes do Brasil e também do exterior. Muita coisa interessante poderia ser disponibilizada para o público também conhecer. Então em 2015 resolvemos centralizar a seletiva na cena nordestina para que novos artistas da música contemporânea da região possam ser vistos pelo público do MADA”, pontuou Jomardo.

O lançamento da Seletiva Nordestina será próximo dia 15 de junho [segunda-feira]. O período para se inscrever ficará entre 01/07 a 15/07. Interessados em participar devem enviar material para o festivalmada@gmail.com. A pré-seleção será feita pelo festival e por críticos de música. De 20 de julho a 17 de agosto, os vídeos ficarão disponíveis para a votação do publico. Os vencedores serão anunciados no dia 19 de agosto. Os trabalhos serão cadastrados no canal do MADA no Youtube e compartilhados em outras redes como Facebook, Twitter e Instagran, além da fanpage e site Brasileiríssimos.

O festival MADA 2015 já conta com patrocínios da Oi/Oi Futuro, Governo do Estado através da Lei Câmara Cascudo e Prefeitura do Natal através da Lei Djalma Maranhão.

Ritmos do Pará encontram o pop vanguarda
A riqueza rítmica de Belém do Pará já contribuiu para a música brasileira com sonoridades únicas, como a guitarrada, o carimbó, a lambada, o merengue e até o eletromelody. Nascido neste berço musical, sobrinho de músicos e filho do mestre da guitarrada Manoel Cordeiro, o jovem artista Felipe Cordeiro é uma ascendente estrela da nova música brasileira contemporânea. Com apuro sonoro, ele foi capaz de catalisar parte dessa herança familiar com um rock e pop moderno, se apropriando da estética kitch, do chamado tecno brega, sintonizando ainda beats similares da América Latina, como a cúmbia, o zouk e o reggaeton.

O resultado é pura vanguarda que pode ser ouvida nos elogiados discos “Kitsch Pop Cult “ e “Se Apaixone Pela Loucura do seu Amor”. O primeiro marca sua estreia no mercado fonográfico e tem produção de André Abujamra, trazendo sucessos como “Legal e Ilegal”. Já o segundo reúne hits como “Ela é Tarja Preta” (parceria com Arnaldo Antunes), “Problema seu” e “Lambada alucinada”.

A nova música psicodélica do RN
A psicodelia dos anos 70 pega carona na calda do um cometa chamado Mahmed. A banda despontou na cena natalense com melodias elaboradas onde petcebe-se as influências da música eletrônica, experimental e do rock’n’roll setentista. Formada por Walter Nazário (guitarra, samplers, sintetizadores), Dimetrius Ferreira (guitarra), Leandro Menezes (baixo) e Ian Medeiros (bateria), a banda instrumental lançou seu primeiro trabalho autoral em 2013, o EP “Domínio das Águas e dos Céus”. O lançamento foi responsável por colocar a banda no mapa dos melhores lançamentos daquele ano. Em 2014 nasceu o primeiro álbum, “Sobre A Vida Em Comunidade”, produzido pelo selo próprio.

Plutão é pop
Plutão Já Foi Planeta é uma banda de Indie Pop/Rock de Natal, Rio Grande do Norte, e surgiu em setembro de 2013. O grupo é formado atualmente por Natália Noronha, Gustavo Arruda, Sapulha Campos, Raphael Andrade e Vitória de Santi e suas influências passeiam entre Os Mutantes, Los Hermanos, John Frusciante e Little Joy e grupos do Indie Pop atual britânico, como Bombay Bicycle Club e Little Comets. A banda insere instrumentação diversa em suas composições, através do uso do ukulele, escaleta e sintetizador, além da banda base com guitarras, baixo e bateria. Os integrantes ainda brincam com diferentes estilos, transitando entre o indie folk e o rock popular, levados sempre pelas vozes de Sapulha, Natália e Gustavo, tanto individualmente quanto em conjunto. Com o álbum lançado “Daqui Pra Lá” e, em 2014, a banda ganhou prêmio Revelação no Prêmio Hangar de Música.

De volta ao rock’n’Roll
Depois de dois anos em turnê com o projeto Agridoce, Pitty lançou o álbum “Setevidas”, disco onde ela se joga novamente no rock and roll. O trabalho, gravado ao vivo, com todos os instrumentos tocados simultaneamente, recupera a sonoridade de início da carreira, com riffs fortes de guitarra, bateria pesada, vocal inconfundível e letras que abordam temas intimistas como amor e superação, e reflexões cotidianas. Entre as faixas de sucesso estão “Boca Aberta”, “Serpente”, “Lado de Lá”, “Setevidas”, “Pouco”.

O MADA EM 16 EDIÇÕES
Foram ao todo 15 edições em 16 anos de história. O MADA trouxe para Natal mais de 400 grupos e artistas que fazem a história na música autoral brasileira e bandas que despontaram a partir do festival, além de abrir o espaço para diversidade da música potiguar. Já subiram no palco do Música Alimento da Alma os artistas: Nação Zumbi, Paralamas do Sucesso, Skank, The Walkmen-EUA, Josh House-EUA, Nando Reis, Khrystal, DuSouto, Tulipa Ruiz, Fernanda Abreu, Totonho e Os Cabras, Sonic Jr, Móveis Coloniais de Acaju, Planet Hemp, Jorge Ben Jor, Ira!, Marcelo Jeneci, Titãs, Seu Jorge, Pitty, Detonautas, Cansei de ser Sexy, Marcelo Nova, Mundo Livre S/A, Plebe Rude, Vanguart, Gram, Cachorro Grande, Pavilhão 9, O Rappa, Lulu Santos, MopTop, Marcelo D2, Agridoce, Natiruts, Barão Vermelho, Sepultura, Ana Cañas, Criolo, Motosierra (URU), Os Poetas Elétricos, Autoramas, Lunares, Lobão, Subaquáticos, Curumim, Cordel do Fogo Encantado, Rosa de Pedra, Revolver, Macaco Bong, Montage, Madame Satã, Biquini Cavadão, Mombojó, Cabruêra, Chico Correa e Eletronic Band, Alphorria, R-Sigma, Jane Fonda, Star 61, Bugs, Agregados, Lado 2 Stéreo, Tico Santa Cruz, Ramirez, Los Canos, Mestre Laurentino e Coletivo Rádio Cipó, Copacabana Club, The Gift (Portugal), Malu Magalhães, Tibério Azul, Karol Conká, Tipo Uísque, Manacá, Talma & Gadelha, Rastafeeling, A Nave, Cabaret, Esteban Tavares, Planta e Raiz, Seu Zé, Os Bonnies, Síntese Modular, Maguinho da Silva, Far From Alaska, Rodrigo Santos e banda, Tantra e Marcelo Bonfá, For Fun, Natiruts, Los Porongas, Funk Emblemas, Dj Marky, Dj Patife, Emicida, Banda do Mar, Di Melo, Gilber T, Gerson King Combo, Manacá, Two Places at Once, e Manuche, Kung Fu Johnny, The Bop Hounds, entre outros.

Confira clipes
Tarja Preta – Felipe Cordeiro

Legal e Ilegal – Felipe Cordeiro

Plutão já foi Planeta

Banda Mahmed

Pitty – Setevidas

http://www.pitty.com.br/setevidas/

serviço
Festival Mada 2015
Dias 30 e 31 de outubro, no estádio Arena das Dunas – Natal RN
Acesse www.festivalmada.mus.br
Direção: Jomardo jomas Azevedo

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Jomardo Jomas 11 de junho de 2015 9:01

    Obrigado Sergio pelo espaço e apoio. Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo