Mais um projeto semanal de incentivo à leitura começa neste domingo

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte vai iniciar neste domingo um novo projeto de incentivo à leitura, onde as pessoas terão oportunidade de ouvir o autor/convidado de um livro e saber como é o processo de criação, onde busca inspiração para a escrita literária, sobre o que conta o livro, entre outras curiosidades. Mais um bom projeto!

Neste primeiro ‘O Escritor vai ao Parque’, o convidado é o escritor, professor de Filosofia e Direito do IFRN Zona Norte, Pablo Capistrano. Pablo é autor de diversos livros, entre os quais ‘Pequenas Catástrofes’ (Rocco, 2005), ‘Simples Filosofia’ (Rocco, 2009), ‘É Preciso Ter Sorte Quando Se Está em Guerra’ (Jovens Escribas, 2011) e ‘A Grande Pancada’ (Jovens Escribas, 2014). O bate-papo começa às 16h, na biblioteca.

Então, além do ‘Quintas Literárias na Nobel’, pelas 19h e também semanal, agora temos ‘O Escritor Vai ao Parque’, aos domingos. Duas iniciativas as mais simples possíveis, seja financeira ou logística. E de cá me pergunto: por que nossas fundações não projetam algo parecido? Preferem reclamar a falta de recursos, a burocracia ou se enterram em discussões intermináveis sobre política cultural sem nada sair do campo falatório.

Eu e Moisés de Lima, também jornalista, até pensamos, ainda na época de César Revorêdo na Funcarte, um projeto desses. Seria um jornalista entrevistando um escritor em uma escola diferente toda semana. Custos? Uma caixa de som, dois microfones e uma merreca para o jornalista e para o escritor. Imaginou o alcance de uma ideia como essa? Seria uma espécie de Ação Leitura – projeto idealizado pelo Jovens Escribas anualmente – mas de periodicidade semanal.

Bom, lá no Parque Dom Nivaldo Monte também tem outros atrativos, como a sala de exposição de animais, a seção de livros infantis da Biblioteca e a torre. O Parque da Cidade funciona todos os dias, das 5h às 18h para a prática de exercícios e das 8h às 18h no setor administrativo, onde ficam a biblioteca e sala de exposição. A torre funciona de quinta a domingo, das 15h às 17h30. É isso.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo