mar,

e
se
eu
não
me
atravessar
esse
pedaço
de
braço
de
mar
de
mim
não
saberei
o
oceano
que
mora
nesse
corpo
raso
que
rasgo
de
sertão
árido
semi
profundo
assim
g
o
t
e
j
a
n
d
o

Comentários

Há 7 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + sete =

ao topo