Maré alta de plenilúnio Fevereiro 2016

A Lua – satélite natural da Terra – é a noiva do céu, rainha absoluta da noite. Durante o dia, esta prerrogativa cabe ao Sol. Para os amantes das estrelas, a lua é um verdadeiro banquete dos deuses. Sua beleza é dada a todos, e sua superfície pode ser detalhadamente observada, uma vez que é o corpo celeste mais próximo da Terra.

A atração gravitacional da Lua sobre a Terra é a principal causa das marés terrestres. Na próxima Lua cheia de Fevereiro de 2016, as marés em Natal e outras regiões do estado atingirão níveis elevados e os efeitos dessa força na região litorânea será pronunciado.

Na tabela abaixo, são apresentadas as principais características físicas da Lua:

Gravidade na Lua 1/6 da Gravidade na Terra

Diâmetro Médio da Lua 3476 Km

Velocidade da Lua em sua órbita ao
redor da Terra 1,023 Km / s

Período Sideral- Tempo para alcançar
a mesma posição em relação as estrelas 27,3 dias

Período Sinódico (Lunação) – Tempo até
alcançar a mesma fase ( face ao sol) 29,5 dias

Distância média da Terra 384000 Km

Massa da Lua 1/ 81 Massa da Terra

A Lua reflete a Luz do Sol

A lua apresenta sempre a mesma face em relação à Terra, o que significa que ela gira sobre si mesmo na mesma velocidade que gira em volta da Terra. Essa rotação se efetua em 27,3 dias ( período Sideral). A Terra move –se numa órbita elíptica em torno do sol enquanto a lua gira em torno da Terra. Para que a lua apresente a mesma face ao sol é preciso um tempo adicional de aproximadamente 2dias e 5 horas. Isso somado com o período sideral dá o período sinódico ( 29, 5 dias).

A lua não emite luz por si própria, apenas reflete a luz solar. Portanto, só se pode ver a parte da lua iluminada que tem a face voltada para a Terra. Quando a lua está entre o sol e a Terra, o hemisfério não iluminado está voltado para nós e temos a Lua Nova

As Marés da Terra

Isaac Newton foi o primeiro cientista a explicar cientificamente a causa das marés da Terra como sendo devidas à força de atração gravitacional da lua sobre a Terra. A lei da gravitação Universal, uma das quatro interações básicas da natureza, é proporcional ao produto das massas que interagem e inversamente proporcional ao quadrado da distância que as separam. A Lua aumenta a energia da máquina geomorfológica. Como a Lua está muito mais próxima da Terra que o Sol, a força da lua sobre a Terra é muito maior que a do Sol sobre a Terra. Portanto, a lua é a principal responsável pelas marés terrestres. A força de atração da Lua sobre a Terra é mais que o dobro da força de atração do Sol. A atração gravitacional atua primariamente e as marés dependerão do tamanho e profundidade da bacia oceânica, latitude, linha costeira entre outros fatores. A maior amplitude de maré na Terra acontece na baia de Fundy no Canadá quando as marés se elevam de uma altura de 3m e atingem uma altura de 16m.

Lua Cheia de Fevereiro de 2016

No dia 23 de Fevereiro de 2016 a Lua estará cheia e em Natal teremos uma das marés mais altas do ano com mais de dois metros de altura. No litoral potiguar a força das marés destruiu boa parte do calçadão da praia de Ponta-Negra. Outras praias do litoral do estado do RN também foram afetadas e em algumas regiões o mar já engoliu ruas. Com o aquecimento global e avanço dos Oceanos a tendência é um aumento gradual dos efeitos provocados pelas marés terrestres. Não adianta medidas paliativas de muros de contenção.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

ao topo